Biblioteca

Sua empresa tem administrado bem o relacionamento com os stakeholders?

Se…

  • Seus empregados estão insatisfeitos.
  • Sua empresa não consegue parcerias com os melhores fornecedores.
  • Sua empresa não consegue parcerias com os melhores distribuidores.
  • Seus revendedores estão insatisfeitos.
  • E seus investidores também não estão satisfeitos.

Talvez você tenha problemas em se relacionar com seus stakeholders.

Mas primeiro, o que são stakeholders? São as partes interessadas na sua empresa, mais especificamente o grupo de pessoas que são afetadas pelas ações do seu negócio, como seus funcionários, revendedores, fornecedores, distribuidores, investidores, entre outros.

Uma má relação com essas pessoas pode afetar negativamente a sua empresa, e muito. Um funcionário descontente, por exemplo, pode prejudicar uma empresa de diversas formas, atrapalhando a própria produção e a de seus colegas de trabalho, e até mesmo em alguns casos chegando a recorrer a sabotagem. Por isso é importante identificar os sinais de que seus funcionários possam não estar satisfeitos, como um alto índice de saída e entrada de pessoas contratadas, as políticas internas não estarem sendo respeitadas e acontecer intrigas frequentes entre diferentes setores da empresa.

Também existe a relação entre sua empresa e seus fornecedores. Existem grandes diferenças entre a qualidade e serviços de um fornecedor para outro, e essa qualidade irá refletir diretamente no que você irá produzir. É bem simples, um fornecedor ruim irá prejudicar o seu produto final, seja entregado a você uma matéria prima de qualidade ruim, atrasando essa entrega, ou cobrando preços abusivos pelos produtos que ela oferece.

E vale abrir um parêntese para lembrar que é importante também para a sua empresa moderar o poder de barganha do seu fornecedor, afim de que você não fique refém de preços e políticas abusivas. Logo você deve procurar mais de uma opção de fornecedor, pesquisar produtos substitutos, e estar sempre atento às suas opções.

Outra relação importante de se manter é a com os seus distribuidores. Você contrata seus distribuidores e revendedores porque acredita que eles são capazes de alcançar o seu público-alvo de uma forma melhor do que você faria se tentasse fazer por conta própria. Porém, eles não irão vender apenas os seus produtos, eles irão também trabalhar com os produtos de seus concorrentes, por isso é importante trabalhar essa relação, criando acordos e negócios que os beneficiem e os façam sentir que estão ganhando mais caso as vendas do seu produto sejam maiores.

Por fim temos os seus investidores, cuja importância é simples e essencial: Você precisa do investimento deles para poder fazer a sua empresa funcionar, e caso eles estejam insatisfeitos e reduzam os recursos investidos você irá ter sérios problemas futuros.

Trouxemos aqui diversos pontos, e relações a serem trabalhadas, a pergunta agora é como fazer isso?

Como administrar corretamente minhas relações com meus stakeholders?

Antigamente, o pensamento comum do homem de negócios era simples: se eu pago menos aos meus parceiros, sobra mais dinheiro para mim, logo eu ganho mais. Porém hoje em dia existem crescente evidências de que o modo como estes parceiros são tratados influencia muito nos resultados econômicos de uma empresa, isso por um pensamento também muito simples: pessoas satisfeitas trabalham melhor.

Dessa forma, a produção fica maior, e consequentemente a parcela de lucros que vai para o empresário também aumenta. Mas como fazer isso? Como trabalhar melhor as minhas relações com meus stakeholders? Aqui vão algumas dicas:

1.Gerenciar melhor o relacionamento com seus funcionários

Seus funcionários irão apresentar um desempenho maior quando forem bem escolhidos, bem treinados, tiverem motivação, e acima de tudo se receberem respeito por parte da gerência e da administração. Ou seja, sua empresa deve possuir critérios na contratação, que levem em conta a missão, visão, valores, posicionamento e o seu público-alvo, e não deve de maneira nenhuma apenas contratar aos montes.

Mas não basta apenas contratar essas pessoas certas, deve-se também respeitar e levar em conta as suas necessidades, afim de atender e satisfazer melhor os seus trabalhadores. Dessa forma você vai ter funcionários que irão se desempenhar melhor e ser leais e dedicados a empresa em que trabalham.

2.Gerenciar melhor o relacionamento com seus fornecedores

Como já falado, a qualidade dos serviços pode variar muito de um fornecedor para outro, e também é importante se atentar para que o poder de barganha do fornecedor não fique muito grande, de forma que você fique refém de seus preços e serviços. Por isso é importante que você encontre os melhores fornecedores e dê a eles incentivos e recompensas para que eles se empenhem ao máximo para atender bem à sua empresa, inclusive, muitas delas atualmente têm o foco em ter apenas um fornecedor em cada categoria, afim de trabalhar melhor essa parceria e elevar o nível de organização, qualidade e produtividade, além de também abaixar os custos.

3.Gerenciar melhor seus distribuidores e revendedores

São seus distribuidores e revendedores que irão ter contato direto com os seus clientes para vender os seus produtos, portanto, é importante pensar bem na hora de escolher quem irá realizar essa função para a sua empresa. Um bom distribuidor pode fazer toda a diferença na hora de atender e satisfazer o usuário final do seu produto, e uma boa relação com este é essencial no esforço que ele irá fazer para realizar essa venda.

Você tem que fazer com que seus distribuidores atribuam um grande valor a relação que eles têm com a sua empresa, para que eles façam aquele esforço a mais na hora de trabalhar para que o cliente escolha o seu produto. Essa relação se bem trabalhada pode se tornar uma vantagem competitiva perante seus concorrentes, por isso é bom para a sua empresa montar um sistema de aprendizado permanente, afim de facilitar a venda, ciclos de pedidos de produtos e informar sobre novos produtos.

Compartilhe essa publicação!

Últimos Posts

Siga nossas Redes Sociais